Como montar uma caixa de ferramentas para reparos cotidianos

Por

Como montar uma caixa de ferramentas para reparos cotidianos

Você possui uma caixa de ferramentas em sua residência? Já precisou fazer algum reparo e não tinha os materiais e ferramentas ditos como indispensáveis?

Para fazer alguns reparos de caráter básico e de uma forma rápida em casa, é necessário ter uma caixa de ferramentas, contendo alguns itens como: martelo, alicates, chaves de fenda e fita isolante, etc.

Até mesmo para conseguir apertar um parafuso, trocar a resistência do chuveiro, um interruptor ou ter que substituir algum plugue com problemas, é importante dispor destes materiais.

A caixa de ferramentas

Ter um kit de ferramentas em casa fará com que você deixe de depender dos outros para te socorrer ou pior, improvisar.

Apresentaremos dicas de como montar o seu kit de ferramentas, mas não esqueça que eles devem ser utilizados em situações básicas. Em casos de serviços que tenham relação com instalações ou parte elétrica, que seja necessário a presença de um profissional não deixe de chamá-lo, tanto para sua segurança quanto a de sua casa.

O martelo

Essa ferramenta é um dos objetos mais fácil de encontrar em uma caixa de ferramentas. Deve-se ter uma certa atenção quando for usá-lo, com o intuito de evitar um possível acidente. Observe sempre se o cabo está em boas condições, se não está solto ou com rebarbas.

Trena

Sendo bastante utilizada na construção civil, a trena é uma fita métrica, de um material metálico, no qual é utilizado para medir alturas e comprimentos. Existem de vários modelos comprimentos.

O tamanho mínimo indicado é uma de cinco metros, pois já atende as necessidades básicas para a realização de um serviço em sua residência.

Na falta de uma trena, é possível utilizar o seu smartphone para medições. Há uma infinidade de aplicativos nas plataformas digitais.Tanto para Android quanto para iOS

Chave de fenda

A chave de fenda é utilizada para soltar ou apertar o parafuso.

Essa ferramenta é vendida em diversos modelos, formas e tamanhos.

É recomendável que compre um kit em que possua vários estilos ou também tem a opção de adquiri-las individualmente.

Mas em hipótese alguma utilize essa ferramenta como um formão (ferramenta para abrir cavidades na madeira), um martelo ou um punção (ferramenta para furar), pois esse material não foi criado com esse objetivo e o improviso de ferramentas pode causar acidentes e ferimentos.

Alicate

Em se tratando dos alicates, o indicado é possuir um conjunto básico deles, contendo: o de corte, o chamado universal, o alicate de bico.

O chamado de universal é adequado para diversas situações, pois com ele é possível cortar, dobrar e torcer os fios, arames e cabos elétricos.

Esse tipo de alicate também auxilia no posicionamento dos condutores e como auxiliar no aperto de porcas com parafusos.

É recomendável para o bom manuseio, a manutenção, lubrificando periodicamente, bem como outras ferramentas que possuem articulações.

O alicate de bico curvo ou reto, o tipo de ponta fina é utilizado para a manutenção elétrica, onde o acesso a esse local é mais difícil.

E o alicate de corte é indicado especificamente para o corte de cabos e fios, em situações de reparos com fio elétricos em casa, sendo também usado para descascar os fios.

Outros itens

Não esquecer de fita isolante, fita crepe, barbantes, fita veda rosca, lanterna, desengripante e outro que na sua avaliação de acordo com suas necessidades por experiências anteriores você julgue necessário manter na caixa.

Importante dizer que manter a caixa sempre o mais organizada possível e verificar o estado geral das ferramentas e descartar as que estão danificadas cuja funcionalidade esteja comprometida ou que possam causar algum ferimento durante o uso.

Lembre-se, improviso de ferramentas é um ato inseguro facilmente evitável. Não arrisque, utilize sempre ferramentas de boa qualidade e adequada para cada uso. Assim, o trabalho será executado com eficiência e segurança.

Deixe um comentário