fbpx

Como montar um kit de emergência para casa

Por

Como montar um kit de emergência para casa

Em algum momento você já se questionou sobre como seria a sua reação diante de uma emergência?

Nem sempre as pessoas se preocupam em se prevenir e resolvem tomar uma atitude em aprende como montar um kit para curativos apenas depois que o acidente acontece.

A dica é estar sempre preparado, buscando informações de como proceder em casos de acidentes mais comuns pomo uma pequena queda, uma escoriação, um pequeno corte como exemplos. E também dispondo de um kit para que seja possível fazer curativos em ferimentos de menor gravidade. Aprenda a fazer o seu, confira!

O que deve ter dentro de um kit de emergência?

Crie um kit de emergência com os materiais que permitam minimizar a dor de pequenos ferimentos, caso ainda não tenha um, pois as emergências acontecem e é sempre bom estar preparado.

Qualquer pessoa pode sofrer um acidente e se machucar de alguma maneira e é sempre útil e recomendado ter um para uso em uma situação de emergência.

O ideal é que você verifique quais são os riscos mais possíveis em sua residência, para em seguida montar o seu kit de emergência em casa. Isso pode variar de acordo com as características das pessoas que moram na casa. Crianças, idosos, portadores de necessidades especiais ou somente adultos. Leve em consideração também, a presença de animais e o tipo de moradia. Podem ser necessários diversos produtos diferentes para uma situação de emergência, e uma avaliação prévia levando em conta sua moradia bem como as pessoas que nela residem é muito recomendada.

O que é kit de emergência?

É basicamente uma caixa com a finalidade específica de conter materiais e medicações básicas para que seja possível fazer pequenos curativos e administrar medicações de baixo risco em casos de pequenos ferimentos ocorridos em casa. Lembre-se que os medicamentos devem ser consumidos sob orientação e prescrição médica. Converse com seu médico, pediatra do seu filho ou gerontólogo dos idosos pelos quais você seja responsável sobre quais medicamentos podem seu administrados em situações de nescessidade. Siga as nossas dicas e aprenda a montar o seu kit emergencial.

A caixa

O indicado é que você escolha um recipiente com um tamanho adequado, para que seja suficiente para armazenar todos os itens indispensáveis. O ideal é que não seja pesado e de fácil de manuseio. Indispensável também que a caixa a ser utilizada seja impermeável. Outra dica importante é que para acondicionar os itens na caixa, os mesmos seja guardado em saquinhos tipo Ziploc, ou similar.

Divida o seu kit de emergência

Os kits de emergência  devem ser divididos em duas partes, na qual uma parte deve possuir todos os itens primordiais, como pomadas, ataduras e band-aid, tesoura, etc. Já na outra parte deve ter todos os medicamentos de uso de sua família, o qual inclusive deve ficar fora do alcance de crianças. Importantíssimo saber que vc deve apenas ingerir medicamentos sob orientação médica e deixe a receita média junto à caixa para que possa tomar sua medicação com total segurança.

Se quiser saber mas sobre como prevenir acidentes com medicamentos, clique aqui.

Principais itens

  • Bandagens triangulares
  • Esparadrapos, inclusive micropore e curativos de vários tamanho, formatos e finalidades
  • Curativos tipo Band-Aids de vários tamanhos
  • Tesoura de ponta arredondada
  • Termômetro
  • Pinças e agulha
  • luva de procedimento cirúrgico (descartável)
  • Gaze de vários tamanhos
  • Algodão
  • Cotonete
  • Lenços umedecidos
  • Pomada antibiótica para prevenir infecções em cortes e arranhões
  • Kit para picadas de abelhas e insetos (se você for alérgico é indispensável)
  • Repelentes para insetos e mosquitos
  • Ataduras
  • Rolos de bandagem (em diversos tamanhos)
  • óculos de proteção
  • bolsas térmicas quentes/fria
  • sabão líquido bactericida e álcool em gel
  • Talas
  • Soro fisiológico

Fica a dica

É importantíssimo que que você aprenda os  procedimentos básicos para os primeiros atendimentos, ou seja,  o que fazer para atendimento inicial à vítima sabendo identificar rapidamente situações que coloquem a vida em risco e demandem atenção imediata.

Existem estabelecimentos especializados em oferecer treinamentos sobre o fazer e como fazer nos casos de alguma situação com ferimentos leves que não ofereçam riscos à vítima. Saiba que nos casos de maior gravidade, atendimento médico especializado deve ser chamado. Ligue 192 SAMU ou 193 BOMBEIROS.

Não esqueça de verificar o seu kit periodicamente e verifique também a data de validade dos produtos, para substituí-los em caso de necessidade.

Uma dica importante, é importante estar alerta caso seu filho tenha algum compromisso da escola, de família ou grupo de amigos e por conta disso é bom você se perguntar: o que levar numa mochila em caso de emergência? Encontre a resposta mais racional possível e por prevenção monte um kit básico e explique o que fazer em caso de necessidade, caso haja algum pequeno acidente.

Além dos itens existentes em seu kit de emergência, há algumas situações de emergenciais nas quais você poderá também precisar usar outros materiais, inclusive improvisar:

  • Madeira para fazer talas, podendo também, ser papelão dobrado
  • Pano limpo
  • Água para higienizar as ferimentos
  • Absorvente íntimo para cortes com pequenos sangramentos

Recomendações de emergência

O ideal é que não guarde os medicamentos que exigem prescrição medica ou que sejam de uso contínuo no seu kit de emergência.

Lembre-se que produto que contem látex, se deterioram ao longo do tempo, além de algumas pessoas serem alérgicas a esse material.

Não esqueça de lavar as pinças, termômetros e tesouras depois de usá-las. Não esqueça também de esterilizá-los, por uma questão de segurança, para poder armazená-los em seu kit novamente.

E então, essas dicas o ajudaram a montar seu kit?

Se você gostou deste conteúdo e acha que mais pessoas precisam desta importantes informações, compartilhe e não esqueça de visitar nossas redes sociais.

Deixe um comentário