Como escolher seu bicho de estimação pensando na segurança da sua família

Por

Como escolher seu bicho de estimação pensando na segurança da sua família

Um desejo de muitas famílias, não importando sua origem, tamanho e nem mesmo a condição financeira, é ter um membro a mais na casa. Com os animais, é possível receber carinho, atenção, cuidar, fazer companhia e deixar o ambiente mais alegre. Mas é preciso atenção ao escolher seu bicho de estimação.

Embora eles sejam muito populares nas casas de muitas pessoas e importantes para muitas famílias, considere todos os aspectos envolvidos antes de levar um animal para sua casa. A segurança do lar e da família deve ser pensada cuidadosamente. Isso irá garantir o bem estar de  de todos, inclusive do bichinho escolhido.

A importância do espaço doméstico

Um importante fator que deve ser levado em consideração quando for escolher seu bicho de estimação é o espaço disponível para ele. Seja em casa ou apartamento, animais como cachorros gostam muito de correr, enquanto gatos são mais tranquilos e gostam de pular em todo lugar.

Já pássaros e outros animais cabem em lugares menores. É necessário também levar em consideração as necessidades de espaço dos bichinhos, e o ambiente disponível para seu bichinho deve garantir as condições para que possam se movimentar com segurança e que os mesmo possam desfrutar de um espaço ideal de acordo com seu tamanho e características e hábitos de acordo com cada espécie.

É muito importante avaliar se no local estão presentes objetos frágeis por exemplo pois de acordo com as características comportamentais do seu bicho de estimação, poderá haver problemas. E não é só com relação ao prejuízo material que deve haver preocupação, uma vez que em caso de queda ou quebra desses itens, os cacos ou partes resultantes disso podem causar ferimentos a quem estiver próximo, principalmente idosos e crianças. Assim, o animal escolhido deve condizer com as condições do ambiente oferecido e também, muito importante, os moradores da casa que irá receber este pet. Pense seriamente sobre isso para que todos possam para ter maior segurança, inclusive os queridos “serumaninhos”.

Estude bastante as características do animal escolhido levando em consideração não só sua prever

Cuidados especiais

No momento de escolher seu bicho de estimação, é necessário se preocupar com a presença de crianças na família, como também de idosos ou portadores de necessidades especiais. Cães costumam morder e podem machucar crianças pequenas, mesmo que seja apenas brincando. Inicialmente, deve-se observar o comportamento de ambos, criança e animal para avaliar se a escolha foi a mais correta.

Já os gatos podem arranhar quando se sentem ameaçados e incomodados, e isso acaba atingindo os pequenos. Muitos amam ter animais de estimação, mas sua segurança não deve ser colocada em risco para tê-lo. No caso de gatos, é altamente recomendável aparar as unhas pelo menos a cada quinze dias.

A idade das crianças deve ser considerada. Quanto maior a idade, mais preparada ela estará para lidar com um animal dentro de casa. Dessa forma, poderá brincar com mais segurança e entendendo os cuidados que devem ser tomados com animais.

Atenção especial deve ser dada também, caso haja na residência, idosos ou portadores de necessidades especiais. Dependendo das características de cada, bem como os hábitos diários, pode haver incompatibilidades importantes.

Leve em consideração a movimentação e hábitos de permanência tanto dos moradores quanto dos animais de forma que os mesmos possam conviver harmonicamente e que os bichinhos não obstruam o caminho, de forma a prevenir quedas e reações naturais do animal ao ser tocado repentinamente. Muito atenção também quanto ao comportamento do animal em relação aos moradores que sejam crianças, idosos e moradores que requerem atenção mais dedicada. A forma como estas pessoas reagem aos animais determinará se a convivência será harmoniosa pra todos.

O tamanho ideal

O tamanho do animal deve ser compatível com o ambiente em que ele viverá. Isso vale tanto pelo espaço disponível para ele interagir quanto pelo risco de causar acidentes por seu porte. Por isso, leve isso em consideração ao escolher seu bicho de estimação.

Animais grandes, como algumas raças de cachorro, podem atrapalhar na mobilidade e quebrar as coisas mais facilmente, principalmente enquanto ainda são filhotes, e há também raças que são hiperativas ao longo de toda a sua vida. Pense nisso também.  Já os pequenos requerem mais cuidado e atenção para que não fiquem presos em alguns lugares como cômodos pelo casa. Esses bichinhos menores também podem fugir com mais facilidade. Não deixe de considerar as características comportamentais da raça escolhida.

Cuidados com a higiene do seu bicho de estimação

A higiene é assunto sério e a escolha de um animal de estimação adequado deve se basear em grande parte neste quesito. O cuidado com a higiene deve ser mantido constantemente com a presença de animais na casa.

Os animais devem ser sempre limpos e levados ao veterinário para que tenham sempre uma vida saudável. Leve também em consideração que alguns animais podem provocar reações alérgicas e isso pode atrapalhar bastante a convivência.

Por fim

Escolher animais que representem menos riscos para o bem-estar dos moradores é fundamental. O que está esperando? Já avaliou bem e decidiu qual bichinho será seu novo companheiro? Agora, é só receber o novo integrante da família e tomar os cuidados necessários.

Gostou de saber um pouco mais sobre esse assunto? Nossas dicas podem fazer a diferença! Para saber mais sobre assuntos relacionados ao tema deste artigo, clique aqui.

Deixe um comentário