Meu filho se engasgou mamando, o que fazer?

Meu filho se engasgou mamando, o que fazer?

Hoje o tema abordado é sobre quando a criança engasga mamando.

Isso aconteceu com seu filho, isso é comum?

Sim, bebês engasgam enquanto mamam e isso acontece com mais frequência do que o esperado.

Para as mães de primeira viagem, isso pode ser bastante ruim, principalmente quando não se sabe o que fazer ao certo.

Antes de falar sobre o procedimento a ser feito quando o bebê engasga, é preciso falar sobre alguns pontos a respeito para conhecer melhor o assunto e evitar recorrências com o engasgo na criança.

Vamos lá entender melhor o assunto?

O que está fazendo a criança engasgar?

Você pode não estar se dando conta, mas se não fizer a mamada da maneira indicada, seu filho pode sim engasgar e ter dificuldades em segurar a mama como deve.

O posicionamento da criança no peito conta muito. Outra questão a ser destacada aqui é a respeito do volume de leite materno. Isso mesmo! Algumas mães dispõem de muito leite e esse volume faz com que numa distração a criança se engasgue com facilidade.

A culpa não é da mamãe, nem da criança, mas assim como você pode se engasgar tomando água rapidamente, o bebê pode também ter pequenos engasgos, caso se distraia ou não regule bem a respiração com a tomada de leite.

O que fazer então para que a criança não se engasgue?

Se seu filho tem se engasgado com frequência, pode haver problemas com refluxo ou outro que somente um pediatra poderá informar, a partir de exames e avaliação em consultório.

Recapitulando, pois é muito importante, a recomendação então nesses casos de recorrência contínua é uma avaliação e consulta que possam trazer dados sobre o que está acontecendo com seu filho.

Outras formas para evitar o engasgo envolvem:

  • Colocar a criança em uma boa posição, nem tão deitada e nem tão em pé. Havendo conforto e facilidade para a mamãe e o bebê na mamada.
  • É importante salientar que em todas as posições a criança precisa estar com o nariz livre e a boca se movimentando bem durante a sucção (como a boca de um peixinho).
  • O queixo da criança deve tocar na mama.
  • A barriga do bebê preferencialmente deve tocar a barriga da mãe.
  • Você verá a barriga se movimentando e ouvirá o barulho da criança engolindo o leite.
  • A criança pega a totalidade da aréola do peito, não somente o bico.

Abaixo seguem algumas imagens para ilustrar algumas posições confortáveis:

E se meu filho engasgar com o leite, o que fazer?

A criança pode sim se afogar no leite materno. Dado o desenvolvimento frágil dos seus pulmões, nessa fase inicial, pode ocorrer o engasgo e a criança pode até ter falta de ar e ficar roxa.

Você quer saber o que fazer nessas situações?

Veja a imagem abaixo.

É preciso observar os seguintes pontos:

Os tapinhas nas costas devem ser leves, ajudando a desobstruir as vias aéreas.

Em pouco tempo seu filho voltará ao normal e não apresentará mais dificuldades para respirar.

Ao consultar seu pediatra, pela para ele orientações sobre primeiros socorros principalmente com relação aos acidentes mais comuns inclusive esta citada neste artigo, engasgamento.

Em casos de emergência, não se desespere. Mantenha a calma e a tranquilidade e tudo se resolverá!

Caso o problema seja grave ou não sinta-se devidamente preparado ou preparada, disque 192 ou 193, certamente haverá alguém que poderá prestar preciosa ajuda.

Se tiver alguma dúvida, comentário ou precisar de ajuda, é só falar!

Grande abraço.