Celulares para idosos

Por

Celulares para idosos

Só quem tem um vovô, vovó, pai, mãe, ou qualquer outro parente que ame, em uma idade mais avançada, sabe como é viver com algum tipo de preocupação relativa à qualidade de vida dessa pessoa. Visto que, todos nós nos tornamos frágeis com o passar dos anos e temos a obrigação moral de cuidar de quem cuidou de nós.

Porém, ainda há indivíduos pouco familiarizados com o ambiente digital – especialmente os idosos, os quais ainda encontram dificuldade na hora de se adaptarem a esses dispositivos e às novas tecnologias.

Diante da demanda de procura ter aumentado consideravelmente, os aparelhos celulares, mais do que nunca, devem ser fáceis de usar e possuir um bom custo benefício, levando em consideração a sua utilidade e facilidade para novos usos e usuários.

No momento, há inúmeras lojas, tanto físicas quanto virtuais, que comercializam esses tipos
de celulares : os focados nos idosos. Para obter informações, basta pesquisar por “celular
para idosos”, que se verá muitas opções de lojas, marcas e modelos.

Torna-se importante que, alguém auxilie o idoso na procura pelo aparelho ideal para seuperfil e necessidades. Lembrando que o celular é um bônus, contudo, nunca deverá substituir uma pessoa preparada para qualquer atendimento ou eventual incidente.
Imprescindível, também, informar aos vizinhos, parentes e amigos próximos, o número do telefone do idoso em questão, a fim de saberem como agir , caso se precise de apoio imediato. Entretanto, é necessário orientar o idoso quanto ao uso e recursos do aparelho, principalmente para emergências.

Vale ressaltar que, atualmente, vivemos novos tempos, o chamado “novo normal”, reforçado pelo período de pandemia com o novo coronavírus. Desse, resultou o isolamento social, que impulsiona , cada vez mais, o uso do aparelho celular e das redes sociais, por parte dos idosos e d as famílias , a fim de “matar as saudades” através de chamadas de vídeo, por exemplo.

Funcionalidades desses aparelhos celulares

  • Devem possuir teclado de voz, onde você digita uma tecla e ele fala qual foi digitada;
  • Botão ou função SOS, que quando pressionado, liga para pessoas pré cadastradas na lista de contatos do aparelho;
  • Tecla SOS com aviso sonoro;
  • Capacidade para 2 chips e ser quadriband;
  • Memória interna com capacidade satisfatória para armazenagem de arquivos de imagem (fotos e vídeos) já que os mensageiros pessoais se tornaram tão comuns;
  • Teclado com números grandes e legíveis;
  • Bateria de longa duração;
  • Simples e fácil de aprender a usar, em português;
  • Lanterna integrada, que funciona mesmo com o celular desligado;
  • Capacidade de reproduzir músicas e vídeos;
  • Tela ampla para fácil visualização;
  • Ser produto homologado pela ANATEL-Agência Nacional de Telecomunicações e com uma boa dede de assistência técnica.

Bem, se você gostou deste artigo, compartilhe com todos que ama e que merecem conhecer estas importantes informações. Aproveita também para seguir a Prevenir em Casa nas redes sociais.

Deixe um comentário